A verdade sobre o Leão

Coitada de mim, pobre mortal que nem tem ideia da dimensão da vida e fica vagando por aí com sua mente preconceituosa e egoísta. Vejam só vocês que, por trás de toda a sua elegância, o leão esconde verdades mal resolvidas e feridas que demoraram a cicatrizar. A cólera em seus olhos nada mais é do que vivência. Os olhos nasceram e ficaram dez anos esperando que o resto do corpo nascesse. Toda aquela raiva que estava presente em seus olhos não passava de medo. Mais do que isso: um coquetel de medo e dúvida disfarçado de raiva.
E cabe a mim quebrar todas as barreiras que existem entre nós, e poder reconfortá-lo com o meu abraço mais uma vez (mesmo que ele não seja reconfortante o suficiente para a dor do Leão). Meu dever agora é esquecer todas as feridas que ele me causou e tentar curar as que ele já tem. Ele precisa de mim.
Não mais do que eu preciso dele, mas o Leão precisa de mim.

_apple__emote_by_aha_mccoy

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s