Leão

Eu voltara a ver o mundo de novo. E o mundo voltara a me ver. Não da mesma forma que antes, agora eu aprendera coisas que eu nunca aprenderia se não enfrentasse tudo o que veio. Nunca pensei que fosse tão difícil encontrar a bonança depois da tempestade – até cheguei a cogitar que a bonança seria somente um estímulo para enfrentar a tempestade eterna.
Consegui escapar do fim antes que fosse tarde demais.
Então agora era a minha vez de rir da tempestade que passara. Era a minha vez de dar a volta por cima e pisar no que um dia pisara em mim. Entre um sorriso estratégico e outro, não pude perceber que, de novo, a má sensação começava a me cercar.
E quando dei por mim o leão me consumia de longe. Concentrado, imerso em seus próprios pensamentos. Dessa vez, não busquei decifrar sua mente sã. Não tentei desviar o olhar e fingir que era mentira. Dessa vez, não vi nada além de cólera ardendo em seus olhos cor de mel. E nos encaramos até que a minha coragem fosse embora com um sopro de lucidez. Então voltei a sorrir estrategicamente para a minha plateia invisível.
_apple__emote_by_aha_mccoy

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s