Fez

No princípio havia apenas o pó. Não só o pó, mas guitarras desafinadas, cabos desconectados, luzes sendo instaladas. E depois de muito tempo, ainda havia apenas o pó. Talvez agora eu possa afirmar que não era a mesma coisa do começo. Mais gente, mais som.

E depois de tanta espera, chegou. Chegou uma supresa desagradabilíssima. A rádio estava sintonizada no outono. Isso significava que seriam mais uns segundos esperando pelo momento principal. Mas a ansiedade de meninas que estavam presentes e pacientes era contagiante. Naquele momento, foram criadas as melhores soluções para espantar o tédio, desde dançar ‘Dearest’ até cantar Catarina Dee Jah, além de jingles de comerciais e principalmente as músicas que fariam sucesso naquela noite. As pernas já não faziam mais parte de seus corpos. A dor era tanta que já não era sentida. A impaciência ia ficando cada vez maior, e ia desaparecendo suavemente, dando vez a angústia. As outras estrelas já não eram mais estrelas. Eram cometas. Passavam de um lado a outro, sem escutar nenhum alarde delas. O que elas esperavam era o brilho da estrela principal, que estava a alguns metros delas, reluzindo, encantando.

O tempo tinha parado, e ao mesmo tempo corria como uma criança que brinca de pega-pega. São Paulo parecia estar mais longe do que de costume. E ao mesmo tempo, o domingo expulsava o sábado, que saiu sem reclamar.

E depois de tanta espera, ela chegou. Seus olhos revelavam uma ansiedade maior do que a dos fãs. Seu jeito de menina impediu as possíveis vaias por causa de um playback no meio de uma música.

E depois, tudo o que foi feito valeu a pena. Um abraço apenas me satisfez.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s